segunda-feira, 30 de novembro de 2009

Escudo provisório do Grêmio, by KIBELOCO

Enquanto Andrade e a equipe continuam calçando as sandalinhas da humildade, eu vou seguindo com meus Sapatinhos do Imperador, porque tem dado certo.
Meu peep toe vermelhinho e preto tem lugar cativo, na sala, enquanto o Flamengo está em campo. Supersticiosa, eu?? Que isso... Mas se o sapatinho gostou de ficar ali, deixa ele, ora!

sábado, 28 de novembro de 2009

Feliz Sábado!!


Não é porque está nublado lá fora que você vai sair por aí carregando sua nuvenzinha cinzenta particular sobre a sua própria cabeça...
Mande embora o mau humor, aquela pontinha de tristeza, toda a insatisfação, o sentimento de perda, a sensação de desgraça!
Hoje é sábado.
Dia de ser feliz! E de contagiar quem está perto de você com a mesma felicidade!

sexta-feira, 27 de novembro de 2009

Parabéns, Prefeitinho

Há pelo menos umas três semanas eu venho me repetindo insistentemente naquele tema do lixo na rua e nas praias. Pois me parece que algum "olheiro" (seria "orelheiro"?) do Prefeito me ouviu e bateu pra ele...
Quarta-feira o Prefeito da cidade anunciou exatamente a ideia que eu defendo: num final-de-semana desses (de surpresa, claro), ele vai suspender o trabalho dos garis nas praias do Rio.

Embora eu ache que deveria acontecer num sábado, porque na segunda-feira pouca gente verá o estrago, ele prometeu a façanha para um domingo .

Disse que vai fazer o mesmo na Av. Rio Branco, e vai lançar o "lixômetro" (desculpem, mas essa ideia não foi minha... rs). Com o "aparelho", pretende medir quinzenal ou mensalmente a quantidade de lixo produzido por cada bairro da cidade.

São medidas de impacto e contam com a minha aprovação como cidadã carioca, e embora eu não tenha muita ideia de como vai funcionar esse lance de "lixômetro", o nomezinho é até divertido.

Mas o que eu adorei mesmo foi quando ele falou com todas as letras, sem papas na língua: "As pessoas têm que ser menos porcas e parar de jogar coisas na areia". Isso mesmo, Prefeito! Meteu bronca, chamou de falta de educação, de higiene e de respeito, chamou de porco meeeeesmo. E ninguém teve coragem de rebater. Porque é isso aí!

Eu não pensei que diria... mas lá vai: Parabéns, Prefeitinho!

quarta-feira, 25 de novembro de 2009

Once you are Flamengo, Flamengo eternally!!

Vocês sabem que eu não costumo colocar vídeos, aqui.
Mas hoje o Ancelmo Gois deu a dica, eu fui lá ver e é contagiante! Muito legal mesmo.
Merece!

"A big hug to all the Red'N'Black Nation"

terça-feira, 24 de novembro de 2009

Manual de instruções

Escreve a lápis o que pensas de mim sem ternura... mantém a borracha por perto. Usa a tinta quando anotares as coisas de amor, que o papel amarelado pelo tempo ainda te fará recordar daquilo que um dia te fez brilhar os olhos às escâncaras. Respira fundo a cada palavra gravada nas folhas. Reúne. Repensa. Rabisca. Apaga. Torna a escrever. Lê. Relê. Depois amassa o que escreveste a lápis. Despreza. Dobra em quatro o papel de anotações a caneta. Guarda num canto da gaveta, dentro de um livro azul. Página 16, lado esquerdo. Prende com clipe. E então fecha-o. Serão memórias eternas... E numa tarde quente, de um sábado de primavera, haverás de abrir o libreto. Encontrarás ali memórias de um tempo ido, que deixaste escorrer pelas mãos, um destino que recusaste, te esquivando furtivamente. E remoerás o passado. Como se fosse teu único ofício.

segunda-feira, 23 de novembro de 2009

Mario Quintana, pra variar, na segunda

SEGUNDA
O pior da segunda-feira é que a gente sempre chega atrasado. "Meu Deus! como é que eu fui perder a primeira feira?!"

Mario Quintana in "Da Preguiça como Método de Trabalho"
Poesia Completa, p.731

domingo, 22 de novembro de 2009

Para embalar seus sonhos de domingo

Ou...
Da série "Eu vou sonhar com essa p... (...orcaria) esta noite!"

Clique AQUI e bom domingo. Se puder, é claro!
E se já tiver estragado o domingo inteiro mesmo, aproveite para ver a entrevista.

sábado, 21 de novembro de 2009

Feliz Sábado!!

a foto é dela
"Toda vez que for assoviar
A cor do trem
É da cor que alguém fizer
E você sonhar..."

Como diria Oswaldo Montenegro, metade de mim é o que ouço, mas a outra metade é o que calo.

quinta-feira, 19 de novembro de 2009

Procurando uma coisa, achei outra...

...e terminei me emocionando com um texto de quase quatrocentos dias atrás...
Com licença, eu vou ali tirar um cisco que deve ter caído nos meus olhos.

Cá entre nós...

Confesso que transitar livremente entre 21 e 51, com desenvoltura e "causando", é uma sensação deveras agradável...

quarta-feira, 18 de novembro de 2009

Pra fechar a noite...

"Você pode desconfiar de uma admiração, mas não de um ódio. O ódio é sempre sincero."
(Millôr Fernandes, hoje)

Boas notícias

Há cerca de três anos, mais ou menos, venho acumulando o meu trabalho com o de pelo menos mais uma pessoa. Já cansei de falar isso, aqui.
Não que eu seja suficientemente "Alice", para acreditar em tudo o que ouvi hoje, mas confesso que as boas notícias que recebi pela manhã realmente apontam para um 2010 incrível!
São previsões, e apenas uma certeza. Mas foi um alimento, para a minha alma profissional. E entre um sorrisinho e outro, a minha alma fidalgota começa a se criar!

terça-feira, 17 de novembro de 2009

Dia do Fla

17 de novembro.
Como se uma imagem não valesse mais que mil palavras, deixo com vocês um dos mais belos textos que falam da alegria de ser rubro-negro...

segunda-feira, 16 de novembro de 2009

Praia, sol, futebol, chuva, mortes e o lixo...

Final de semana de sol, praia e futebol. Praia incrivelmente deliciosa, com mar de águas transparentes e calmas, de temperatura agradável e céu azul. Futebol de primeira, que só confirma a maravilhosa fase do Flamengo, com uma equipe unida, vencedora, que não depende exclusivamente de um jogador e que consegue se arrumar em campo com um futebol bonito de se ver e de resultados, mesmo quando está desfalcada de um ou mais jogadores - provamos isso nos jogos em que Adriano esteve na seleção; nos jogos em que Pet ficou de fora; no de ontem, sem Juan, sem Maldonado e sem Fierro...

E o coração, a emoção, o peso do "manto sagrado" dominam o Brasil inteiro... A maior torcida do Brasil, de norte a sul, está em polvorosa. Uma equipe que nunca foi vice-campeã só confirma a lendária sina: "se deixarem o Flamengo chegar... Não tem pra ninguém..."

Estávamos lá, quietinhos, passando por seriíssimos problemas, com desfalques por suspensões, contusões... mas os favoritos foram dando mole, deixando o Flamengo chegar... E estamos nós, aqui, na cola do líder. Sem euforia (só a da torcida, que, vamos combinar, é difícil de controlar...), temos ainda três jogos pela frente. E ainda bem que temos Andrade - o técnico que calça as sandalinhas da humildade!

À noite, a chuva caiu tímida por uns vinte minutos. Cheguei a abrir portas e janelas da casa, pra sentir o cheiro de terra molhada invadindo tudo, e sentei na sala, sem fazer nada, apenas para ouvir o barulhinho bom. Meia hora depois, a chuva já se tornava intensa, e o resultado aparece no noticiário da manhã: deslizamentos de terra em estradas, mortes, a Baixada Fluminense inundada...

Não se pode continuar atribuindo à Natureza aquilo que decorre da falta de cuidado dos homens e ao desinteresse dos políticos... O vergonhoso mau hábito que existe por aqui, de jogar lixo na rua, não apenas reflete a falta de educação do nosso povo, mas se reflete na desgraça das inundações. Onde está a escola, onde estão as famílias, para ensinar isso? Onde estão os políticos, os governantes, que não se tocam???

Ontem, antes de sair da praia, enchi meu saquinho de lixo com lixo dos outros, porque deve fazer cair a mão deles, levar o lixo até a lixeirinha da Comlurb... Isso é uma coisa que me incomoda muito. Lixo no chão. Eu jogo o meu na lixeira, ou guardo na bolsa, cato o dos outros, falo com quem joga no chão, falo mesmo, e embora uma andorinha só não faça verão... estou, incansavelmente, fazendo a minha parte, todos os dias.

Onde estão as campanhas de conscientização?? Se fazem passar pelo céu da praia aviõezinhos saudando time de futebol que saiu da segunda divisão, por que não passam também com uma faixinha onde se possa ler: "Mantenha a praia limpa. Não deixe lixo na areia!" ??
Não me digam que não haverá patrocinadores... O que não há é iniciativa. É o desinteresse dos políticos... Isso não dá voto.



sábado, 14 de novembro de 2009

Feliz Sábado!!


"No mais, tudo é menor. O socialismo, a astrofísica, a especulação imobiliária, a ioga, todo ascetismo da ioga... tudo é menor. O homem só tem duas missões importantes: amar e escrever à máquina. Escrever com dois dedos e amar com a vida inteira."
(Antônio Maria, em 27.01.1963)

"Café com Leite" - excerto
Crônicas de Antônio Maria, Ed. Paz e Terra, p.60.

sexta-feira, 13 de novembro de 2009

Decifrando o enigma

Se você ainda não tentou decifrar o enigma da praia, clique AQUI e participe da brincadeira.
E só depois volte para ver a resposta.

Você, que já se divertiu tentando descobrir quem estava naquelas cadeiras, naquele fim de tarde... clique nos comentários DESTE POST e veja se acertou.

terça-feira, 10 de novembro de 2009

Na praia...


Esta foto foi tirada domingo, na praia, final de tarde.
Agora me diga: quem estaria sentado nessas cadeiras?
Vamos lá: observe a disposição das cadeiras, o alinhamento, perceba os detalhes... veja os chinelinhos, o "cooler", o alinhamento do "cooler", o pacotinho de biscoito queijinho, essas coisas. Clique na imagem para ampliar, se quiser. Observe tudo e depois tente imaginar que tipo de pessoas, quem estaria sentado ali. Não estou pedindo que você me dê nome. Eu queria a descrição. Que tipo de pessoas você acha que estavam sentadas ali? Como eram?
Descreva pra mim.
Vamos lá?

segunda-feira, 9 de novembro de 2009

Bem mocinha

As fotos de São Paulo estão uma vergonha...
S. me diz baixinho: "Eu não queria falar nada... mas você reparou que em todas as fotos estão vocês e u'a mesa??"

Por isso, na volta, meu ideal de vida é ser bem mocinha, e voltar a comer direitinho.
Olha só o "menu" que dominou meu final de semana!

domingo, 8 de novembro de 2009

Uma surpresa... e outras.

Adoro ganhar presentes sem motivo aparente... Aquela coisa de "vi isso e lembrei de você", ou "lembrei que você queria tanto isso"...

É muito bom ganhar um presente sem que seja seu aniversário, Natal, ou qualquer outra data "especial"... Essa conclusão serve também para o lance de DAR presentes, sabe?, mas hoje eu quero falar de RECEBER.

Há algumas semanas eu comentei de um filme, aqui, que eu queria muito ver.
Um ou dois dias depois recebi um e-mail.
Outros dias depois, exatamente ontem, recebo um envelope, diretamente de Portugal...


Pois repare bem: não bastasse o envio do DVD, recebo junto um sabonetinho de luxo, feito a mão, em Portugal;
cheirinho de-li-ci-o-so, "sugared cranberries", produto de uma lojinha que, pelas imagens, deve ser uma doçura... vontade de morar lá dentro!

Além disso, vem também no envelope um lindo cartão, com palavras que me aproximam realmente de quem me escreveu. E a sensação, eu confesso, é de que, neste mundo, o que vale, de verdade, é o carinho que a gente sente e o modo como a gente expressa esse bem-querer.
Pequenos gestos podem tocar o nosso coração de um jeito incrivelmente maravilhoso.
E eu nem sei mais o que dizer...
Ah, sim!
P.S. I love you!


p.s.2
As coisas acontecem no tempo certo. O envelope chegou, de fato, no dia 27 de outubro, momentos após eu ter saído de casa para o aeroporto. Recebi uma ligação, avisando que uma encomenda chegara para mim, e que ficaria guardada com o Síndico. Curiosamente, quando cheguei da viagem, no dia 02 de novembro, o Síndico havia viajado e não deixara meu presente com ninguém... Cheguei a pensar em ficar chateada... Mas lembrei do que havia dito à querida Custódia: "tudo tem seu tempo; ele vai chegar no dia em que eu estarei precisando ver..."
Enfim, hoje é o dia.
E temos pipocas.
Servido??

sábado, 7 de novembro de 2009

Feliz Sábado!!

"...Imaginem então a minha surpresa, quando, ao despertar do dia, uma vozinha estranha me acordou. Dizia:

- Por favor... desenha-me um carneiro!

- Hem!

- Desenha-me um carneiro...

Pus-me de pé, como atingido por um raio. Esfreguei os olhos. Olhei bem. E vi um pedacinho de gente inteiramente extraordinário, que me considerava com gravidade.

(...)

Olhava pois essa aparição com olhos redondos de espanto. Não esqueçam que eu me achava a mil milhas de qualquer terra habitada. Ora, o meu homenzinho não me parecia nem perdido, nem morto de fadiga, nem morto de fome, de sede ou de medo. Não tinha absolutamente a aparência de uma criança perdida no deserto, a mil milhas da região habitada. Quando pude enfim articular palavra, perguntei-lhe:

- Mas ... que fazes aqui?

E ele repetiu-me então, brandamente, como uma coisa muito séria:

- Por favor ... desenha-me um carneiro ...

Quando o mistério é muito impressionante, a gente não ousa desobedecer..."

clique na imagem para ampliar

O Pequeno Príncipe - Antoine de Saint-Exupéry
Livraria Agir Editora, 1983, 25a ed., pp. 11 e 12

sexta-feira, 6 de novembro de 2009

Desculpaê!

Desculpaê, se você teve de trabalhar de terno e gravata ou de "tailleur", hoje.
Desculpaê, se você ficou trancado num escritório com ar condicionado...
Desculpaê, se você pegou um trânsito do caramba pra chegar ao seu local de trabalho...
Desculpaê, mas hoje eu trabalhei na filial...
Fazer o que, se eu consigo raciocinar juridicamente de biquine??
"Beach office" - o melhor lugar do mundo para se trabalhar num dia de sol.



"Rio 40 graus!
Cidade Maravilha..."

quinta-feira, 5 de novembro de 2009



Amanhã eu volto a abrir
as portas e janelas desta casa...