quinta-feira, 8 de novembro de 2007

Amiga é amiga, colega é colega, prima é prima e namorada é namorada


Elas são amigas, mas não se diz mais, por aí, serem amigas duas mulheres, porque imaginam que amigas são namoradas. Então, elas se dizem colegas.

Elas não andam mais de mãos dadas, na rua, porque mãos dadas... são namoradas.

Esquisito, este mundo, onde amigas passam a se dizer colegas, onde é preciso andar cada uma segurando suas coisas, pra não precisar dar as mãos, onde abraços efusivos são vistos além da efusão própria daquelas que "apenas" se querem bem.


Com os meninos, as coisas se dão de um jeito parecido - "essa aqui é minha prima". Pronto! Falou que é "prima", pessoal não acredita no parentesco e pensa logo: "é namorada". Rola aquele risinho.

Sem discutir outra coisa, além disso, eu pergunto: por que não se chama cada qual pelo seu nome? Por que "amiga" quer dizer "namorada"? Por que "prima" quer dizer "namorada"?

Pra mim, é assim: amiga é amiga, aquela querida, que você sabe que pode contar pra tudo e contar tudo; colega é colega, menos chegada que amiga, mas boa gente também; prima é prima, filha do tio ou da tia; e namorado(a) é namorado(a). Pronto. Acabou. Ô, língua difícil!

19 comentários:

Luís F. disse...

Nada como agir naturalmente ignorando completamente o que os outros dizem ou pensam….

Luís F. disse...

Entretanto...

Bom Fim-de-Semana Suzi!!!

:)

Suzi disse...

Tens toda a razão, Luís F.
T-O-D-A!

Entretanto...
Hip! Hip!! Hurra!!!

Bom fim-de-semana, Luís F.!!!

;o)

Custódia C.C. disse...

Preto no branco!
:)
O Luís completou o teu pensamento!
Bom fin-de-semana :)

LAD disse...

Amiga ou namorada, o que importa... fico triste... sobram menos para nós !!! =;op

Bom FDS

Danny disse...

Certíssima, Suzi.
Bom findi, procê!
Beijão!

Mônica disse...

isso aí...rs....

beijos, boneca

J@de disse...

Conheci minha comadre quando eu tinha 15 anos, e ficamos amigas do peito!! Um dia, vindo do colégio de mãos dadas um cara passou no carro uma vez e gritou: "aê sapatãooooooo!!" Isso foi há quase 30 anos e nós ficamos uns 10 anos sem nos abraçarmos nem andarmos de mãos dadas, pode?

Concordo com vc!! A palavra é o que significa. Quando eu digo: "vou sair com meu amigo", e algum babaca dá um risinho tipo: "amigo? sei." Eu olho tão feio que a pessoa fica até de bobeira!! Eu heim!!

Saudade do tempo em que as palavras diziam exatamente o que queriam dizer né?

Beijos!!

Suzi disse...

O Luís F. sabe tudo, Custódia!
;o)

Bom final-de-semana pra ti também, CCC!

Suzi disse...

Pô, Lad, tu concordas com esse povo que troca tudo???
rsrsrsrs

Suzi disse...

Proc~e também, Danny!!

Suzi disse...

É, Mumumu.
E eu sei muito bem do que você lembrou, com esses risos, aí.
hohohoho!!!

Suzi disse...

É, J@de,
é aquela história de complicar por complicar, né?
Não sei se o problema é da língua ou do povo! É a língua do povo!

Blaaagh!

JEANSECAMISETA disse...

Também concordo com o Luís. Se formos viver sempre preocupados com o que os outros vão pensar, deixamos de viver.
Tão bom voltar a comentar aqui...

Bjim

rps disse...

Por cá, o termo "colega" é habitualmente aplicado a quem trabalha (ou estuda) a nosso lado. Mas o termo tem alguma carga negativa, traduzida na expressão "colegas são as p..."
Não sei de onde vem isso.

Suzi disse...

Pois é, Cris. Bom também é te receber de volta, aqui.

;o)

Suzi disse...

Vai entender, né, Rps?
Inventamos a linguagem e nem imaginávamos que daria tanta confusão!

:o))

guiga disse...

Aqui, felizmente, não chegamos a esse ponto! Por enquanto! :s
*.*

Suzi disse...

que bom, né, guiga? que bom!