sábado, 22 de maio de 2010

Feliz Sábado!!

O sábado chegooooou!!

No sábado passado eu dormi só um pouquinho, à tarde - pois faz parte do meu roteiro, do dia de descanso, descansar mesmo; e sem o soninho da tarde de sábado, confesso, eu não sou ninguém... -, e por volta das três horas saí pra "curtir o sétimo dia".

Quando nós éramos crianças, cantávamos uma musiquinha que dizia mais ou menos assim: Aos sábados eu vou passear / e olhar o que Deus fez / Eu vejo, então, belezas mil / Do Seu poder sem-par.

Havia alguns outros versos, nessa mesma música, e embora eu não me lembre de todos, ainda guardo alguns na memória:

Eu posso ver as árvores / E quão feliz eu sou / Pois seu verdor também me diz: / “Foi Deus quem me criou”

Eu vejo um sapinho bom / Ali por onde vou / Pulando vai, dizendo assim: / “Foi Deus quem me criou”

Eu paro então, a fim de ouvir / A voz de um bem-te-vi / “Foi Deus quem me criou também / Estou feliz aqui”

Eu vou até o rio e ali / Está um lambari / Que diz assim “Feliz estou / Pois Deus me pôs aqui”

E quando o sol se põe no além / Ao lar de volta estou / Disposto a ser melhor também / Pois Deus a mim criou.

Havia uma outra música, também, que falava de "visitar os doentes". E começava assim: O sábado é um dia feliz, / um dia feliz, um dia feliz / O sábado é um dia feliz / Amo cada sábado!

E depois os versos davam mais ou menos "o roteiro" do dia feliz: ir à escolinha sabatina, voltar em casa para almoçar, e depois visitar os doentes.

Pois é... canções da infância que nos trazem recordações e que nos ensinaram coisas jamais esquecidas, como a importância do sábado como um dia especial, um dia pra estar ali, no meio da natureza, observando as criaturas, em sintonia com o Criador, dia de recompor as energias, compartilhar alegria, esperança e vida com o nosso próximo.

Sim, meus queridos, eu aprendi, quando criança, que cuidar dos enfermos, ir a um hospital visitar alguém que se encontra internado, caminhar no meio da natureza, reunir-se com a família, reservar um tempo para manter contato com nosso Pai do Céu são ingredientes perfeitos na receita do Sábado Feliz!

Como eu disse, sábado passado saí de casa às três horas e fui visitar alguém que estava internado em um hospital. Levei meu sorriso, um abraço e algumas flores. E muito embora eu tenha levado alegria e deixado ali um bocado de força e ânimo, estou certa de que "eu levei a melhor". Verdade! Pensei que estava indo fazer bem a alguém e quem saiu de lá satisfeita, feliz e revigorada fui eu mesma. Porque a alegria que você leva aos outros retorna, no mesmo instante, para fazer você feliz.

Hoje é sábado! Dia de alegria, de esperança, de harmonia e descanso... Dia de visitar os doentes, conversar com idosos, brincar com uma criança, levar alimentos a quem tem fome... Não que você não deva fazer isso nos demais dias da semana, mas na correria do dia-a-dia, duvido que seja assim tão frequente. Separar um dia, a cada semana, para essa relação especial com Deus, com a natureza e com o nosso semelhante, é parte do plano. Então, faça a sua parte...

...e feliz sábadoooo!!!

p.s.
Naquela mesma tarde, saindo de lá tão feliz e animada, liguei pra minha mãe, pedindo o endereço do outro hospital, onde Dona L. estava internada, pois eu queria ir lá também. Só que já eram quatro e quinze da tarde, e o horário de visitação, eu não sabia, acabava às cinco...
Anotei o endereço e me comprometi, comigo mesma, de ir vê-la hoje.
Para minha tristeza... na quarta-feira Dona L. se despediu deste mundo.

Se você conhece alguém que precise de carinho, de atenção, alguém carente de esperança, ansioso por uma visita, precisando de assistência, cuidado, alguém abandonado, com poucos ou nenhum amigo, alguém sofrido... corra pra fazer a sua parte! Não deixe pra depois. Hoje é sábado, experimente a alegria de ser um instrumento de amor. Abra seu coração, transpire esperança, inspire esperança!

Que sua casa seja um lar de esperança; suas palavras, fonte de esperança; seu olhar, que seja uma doce esperança; que até mesmo a sua sombra seja um brilho de esperança; que a sua vida seja cheia de esperança! E corra, pra espalhar! Não perca a chance. A vida não para...

6 comentários:

Suzana Martins disse...

'A escola sabatina eu vou / feliz eu vou / feliz eu vou / a escola sabatina eu vou / amo cada sábado.

Um amiguinho eu vou levar/ vou levar / um amiguinho eu vou levar / amo cada sábado.'


Eu lembro que cantava toda contente essa canção. rs... Uma menininha e seus cinco anos cantando essa canção e toda contente levando um amiguinho... Nossa! E quando chegava na igreja então, rsrs... Todo mundo lá feliz, contente, cantando, se abraçando.. Muito bom!!!^^

.........

Sim, precisamos levar alegrias e cuidar de tudo antes que o tempo chegue!!

Feliz sábado Suzi querida que mesmo longe me faz tãããããããããããããão feliz!!!

Janaina disse...

Acredite você ou não, todo sábado eu me lembro de você os festejando por aqui.
***
Há algum tempo eu aprendi que nada deve ficar para depois quando se trata de dar carinho a alguém ou declarar amor a amigos, amantes, família. A vida é curta, Suzi. Muito...
Saudades de você. E deixo aqui um abraço bem apertado, que quebra costelas. Ele vale até o dia em que a gente se encontrar, aí eu substituo por um "de verdade".

Suzi disse...

Oi, Su, você cantava também, né?
E como era bom levar os amiguinhos pra almoçar na nossa casa!!! Lembra das histórias que o Amigão já contou sobre isso?
Hoje meu sábado foi cheio de amiguinhos almoçando a comidinha da mamãe. Que delícia!!!!

Beijos, Su!!
Também te amo tanto!!

Suzi disse...

Ai, Jana... como é bom saber-se lembrada!
Que coisa boa!

***
Seu abraço estará sendo diariamente renovado até o dia em que nos encontrarmos de novo. Mas não demora, tá?
:)

Bembem disse...

Olá! desculpe invadir teu blog, mas pesquisei pela letra da musiquinha "Foi Deus quem me criou" e encontrei aqui. Muitas saudades do tempo de infância em que não havia maldade mas sim sinceridade no que se acreditava! Felicidades a ti!

Suzi disse...

Como assim "desculpas", Bembem??
É sempre legal receber gente por aqui e mais legal ainda saber que alguém chegou aqui por conta de uma letra de música. A música nos une das formas mais interessantes, não?
Seja bem-vinda(o) e volte sempre que desejar!!