segunda-feira, 13 de agosto de 2012

Agosto


Tenho a tendência de achar que agosto não é um mês legal.
Mas lembro que tenho pelo menos quatro pessoas muito queridas que fazem aniversário este mês, e então já não há como implicar com o pobrezinho do agosto!
Não bastasse, neste ano, exatamente no dia 31, tem a tal da Lua Azul. Embora seja um fenômeno plenamente astronômico, tem um charme que o romantiza.

Se, na origem, a Lua Azul era a terceira Lua Cheia em uma estação que tivesse quatro, hoje, por um erro, em sua "versão atual", ela se refere à segunda Lua Cheia de um mês. Pra você ver que até o que é definido pela ciência o homem cuida de adaptar.

Diz-se, por aí, que havia na Inglaterra o uso da expressão para se prever que tal coisa aconteceria "na Lua Azul", significando o que costumamos chamar de "o dia de São Nunca"; por outro lado, diz-se também que uma promessa feita na Lua Azul é das mais preciosas, revestida de toda a sinceridade do coração. Como eu disse, é o charme do romantismo invadindo a Astronomia...

De tudo, o que concluo é mesmo isso: agosto já não se sustenta como "o mês do desgosto"; e preparou para nós, sutilmente, melhores e mais agradáveis surpresas.

2 comentários:

Custódia C.C. disse...

Agosto por cá é sinónimo de férias de Verão, mas também não vou muito com a cara dele não :)

Suzi disse...

Mas ao menos tens as férias. Já é, praticamente, o bastante!