domingo, 30 de janeiro de 2011

Melhor não pensar

Eu gosto especialmente de borboletas amarelas. Sempre gostei do sol na minha pele. Descobri há pouco que também gosto da neve na minha pele, por um pouquinho de tempo; e da neve que se vê da janela, por todo o tempo que ela quiser cair. Gosto de doce de leite e de pipoca doce. De gente, de abraço, de risos. Gosto de queijo branco, de macarrão ao alho e óleo; de glúten e de bife vegetal. Gosto de azeitonas verdes e pretas. Gosto de azeite. Gosto de flores, gosto de cor. Gosto do céu do Outono, no Rio. Gosto daquele outro Outono que colore todas as folhas de todas as árvores. Gosto de Pilates. Gosto de bicicleta. De estar com amigos, de rever os que estavam longe, de manter todos por perto. Gosto de ter meu coração em paz. Gosto de novidades. Gosto do apego que tenho às gentes. Gosto de gostos, sabores, de cheiros, olores, de toque; sim, eu gosto de ser tátil e de quem é assim. Gosto muito de muitas coisas. E gosto de não pensar naquelas coisas que eu não gosto...

5 comentários:

Custódia C.C. disse...

E eu gosto de gostar! E gosto do que tu escreves :)
Bom Domingo Suzi!

Suzana Martins disse...

Eu gosto de ler sempre. Gosto de imaginar a gente se encontrando numa tarde de sol ai no Rio, ou aqui em Porto. Eu gosto de ti!!

Beeijos

Lilica disse...

E eu gosto de você, olha só!
Que post gostoso de ler!
Beijos e bom restinho de domingo!

Suzi disse...

Fofas!!!! Todas vocês!!!!
;)

João Moreira disse...

Ola anjo,
Desejos tão simples e bons que me custa acreditar que tão pica gente deseje o mesmo, pois seria tudo muito mais facil…
Beijinho doce
Fica bem