sexta-feira, 14 de dezembro de 2007

Para quem quiser ler

Para quem queira ler, ou precise ler, ou nem precise, mas deva. Para quem quiser anotar num pedaço qualquer de papel uma idéia, uma coisa pra se pensar numa hora dessas, num vazio da mente, num dia de chuva ou em tardes de melancolia...
Para quem pensa que sabe tudo e tem todas as certezas, para quem duvida de tudo e já não acredita em nada.
Taí.
Um poema de Vinicius. Uma parceria de Vinicius e Claudio Santoro:

EM ALGUM LUGAR
Deve existir
Eu sei que deve existir
Algum lugar onde o amor
Possa viver a sua vida em paz
E esquecido de que existe o amor
Ser feliz, ser feliz, bem feliz.

(Livro de letras - Vinicius de Moraes, pág. 142)

14 comentários:

Márcia(clarinha) disse...

um bom dia de chuva, bunita, com cheirinho de felicidade e letras de amor!
beijos

Custódia C.C. disse...

Nós andamos sempre atrás de ser felizes, essa é que é essa !

Amigao disse...

EM ALGUM MAR
Deve existir
Eu sei que deve existir
Algum lugar PERTO DO MAR
ONDE Possa viver a MINHA vida em paz
E esquecido de que existe o MAR
Ser feliz, ser feliz, bem feliz.

Perdão poeta, mas amor sem mar...

guiga disse...

Que poema lindo! :D
Um óptimo fim-de-semana linda suzi!
Beijos de Portugal! *.*

http://asul.blogs.sapo.pt

J@de disse...

Lindo!!
Não tem mais nada prá dizer...
Beijos!!

Suzi disse...

e num instante chegou a noite, clarinha! com cheirinho de chuva, molhadinhos de chuva, e gotinhas de felicidade !!

;o)

Suzi disse...

e talvez, ccc, como já disseram, se não perd~essemos tanto tempo na busca da felicidade, fossêmos bem felizes!
:o)

bj!

Suzi disse...

E eu duvido que o Poeta não te perdoasse por essa, Amigão. Afinal, ele também sabia que o amor e o mar andam assim, ó...

Suzi disse...

Lindo como lindas sempre são as letras de Vinicius, Guiga.
Bom fim-de-semana pra ti também!!

:o)

Suzi disse...

É J@de. Aí, é só sentir.
:o)

adetoledo disse...

Oi lindona! Feliz bem feliz!

Ordisi Raluz disse...

Um dia escrevi um conto ["Champanhe ao Sabre"] que termina em "feliz, feliz, feliz". Uma então mui amiga desceu a lenha em mim por minha "ingenuidade". Tá vendo o que dá quando a gente não se chama Vinícius, Suzinha?

Beijos felizes, felizes, felizes.

Suzi disse...

Oi, Ana,
feliz, bem feliz!!
;o)

Suzi disse...

Pois é, Or.
Acham que essa coisa de feliz, feliz, feliz, é licença poética. E aí não nos dão essa permissão... Que coisa!
Mas, como diria o filósofo Lulu, "vamos nos permitir!"

;o)

Bj!