quinta-feira, 7 de fevereiro de 2013

Alguém diz que o pior é saber que "as coisas não vão mudar".
Aí você se toca que o pior nem é isso. O pior é saber que as coisas vão piorar.
O jeito é rir.
Pelo menos por ora. Enquanto dá. Porque, afinal, as coisas não pioraram ainda.

2 comentários:

Custódia C.C. disse...

É Suzi, esse teu post adapta-se bem ao que vai por este País à beira-mar plantado.
Mas eu sou das optimistas e tento sempre encontrar o lado positivo das coisas. Mas esse lado anda tão, mas tão escondido, que está difícil de encontrar :)

Suzi disse...

Também sou uma das pessoas mais otimistas que conheço. Otimismo e jogo de cintura são pra mim como aquele velho ditado (brasileiro): "Cautela e caldo de galinha não fazem mal a ninguém).

Insisto no otimismo mesmo quando vejo que tudo ainda vai piorar; mas concordo que ver o lado bom de todas as coisas às vezes é um trabalho árduo, exaustivo, e quase impossível! rs