segunda-feira, 19 de julho de 2010

Quando o pouco é tudo, torna-se muito;
porque o nada é um pouco a ausência de tudo.

2 comentários:

diadesopa disse...

Concordo demais, Suzi.
O 'nada' é falta de um pouco qualquer que seja suficientemente importante pra ser considerado tudo.

beijos

p.s.: Meu blog Um Pouco de Bossa tá fechado, agora tô usando só o Dia de Sopa. =]

Suzi disse...

Oba!!! Todo dia é dia de sopa??
:))

Tô indo lá!