quarta-feira, 17 de março de 2010

Ausências

Fui visitar uma blogueira querida. Havia tanto tempo que eu não ía lá! Tanta ausência, de um lugar tão bonito! Tentei pedir desculpas... E só aí me dei conta de que... nossa!, tenho andado tão ausente até de mim mesma, que talvez eu mereça perdão até dos outros...

5 comentários:

Amigao disse...

É pois é. Eu também.
Volto a postar nesse final de semana.

Beijão boneca!

Mônica disse...

ausentes estamos todos...

mas eu vim aqui dizer que perdoarei vc sempre...rs...

nosso almoço tá pra lá de encantado, né? seu presente e o da Marcinha estão amassadinhos no armário, mas ainda na validade...rs

Estava Perdida no Mar disse...

te perdoo...rs

Nina Souza disse...

Podemos ser ausentes para todos...

Mas a ausência de sí mesma é um dos pecados mais mortais.

Tem até um livro que fala sobre isso, do rabino Nilton Bonder: Código Penal Celeste. É um de meus livros preferidos. Reflexão para mais de três encarnações. Recomendo.

bjs

Natália disse...

Não se preocupe, Suzi. Às vezes, isso acontece mesmo; às vezes, a vida fica corrida, noutras vezes somos nós que ficamos ausentes de nós mesmos - como tu bem disse.
Acontece...

O bom é saber que os amigos para quem realmente somos especiais estão sempre de braços abertos com um abraço à nossa espera na hora do reencontro.

beijo =*

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...