domingo, 6 de dezembro de 2009

Seis de dezembro, que dia mais feliz!!

Acordar cedo (dez pras nove), praticamente de madrugada, num domingo de manhã, e já começar o dia derramando lágrimas de emoção, sentindo uma coisa boa por dentro é mesmo algo muito especial, que garante alegria para o ano inteiro...

Eu hoje madruguei desse jeito...
Pois quando amanheci, li umas letrinhas que fizeram cair aguinha do meus olhos. Aqui em casa, sempre foi assim: eu era a menina sapeca, tagarela, a caçulinha, e meus irmãos eram a parte séria da família. Músicos desde criancinhas, eu os admirava (tanto!) por isso. Os dois eram quietinhos e quando falavam sempre impressionavam, pela lucidez, pela fluência, pelo controle das emoções. Eu era a gaiata. Havia um equilíbrio perfeito, e eles sempre foram, como até hoje são, objeto da minha admiração...

Embora explorassem meu medo de baratas a minha infância inteirinha, eram também meus protetores. Cuidavam da irmãzinha pequenininha e sempre foram amorosos comigo. Meu irmão sempre me fez rir, em casa. Sua gargalhada, conhecida apenas dos mais próximos, é algo maravilhoso de ouvir. Chora de rir com algumas histórias que ouve e que conta, e eu sinto realmente muita falta dele perto de mim (física e geograficamente falando). Foi sábio, quando me incentivou e advertiu quando eu decidi morar sozinha, lembrando-me, inclusive, da questão das baratas e da independência, que não podia ser seletiva... Minha irmã, aparentando ainda mais seriedade, sempre foi muito quieta, econômica nas palavras (até pouco tempo atrás ainda era assim...) mas sempre foi também aquela que abriu os caminhos, em termos "comportamentais", sempre falou muito com o olhar e tornou-se a primeira Mestra, da família... Foi uma irmã de vanguarda, eu diria, como são as primogênitas. Meus irmãos abriram todos os caminhos. Foram modelos, pra mim. Tremendamente observadores, aprendi a ser do jeitinho deles, falando baixinho nos momentos em que a vontade é de gritar. São Mestres, minha irmã é Doutoranda, meu irmão é referência, ambos tocam piano maravilhosamente bem, são da paz, e são meus irmãos. E eu vou tentando trilhar os mesmos passos, pra quando crescer ser gente grande que nem eles...
Eu fui mesmo muito abençoada, nascendo nesta família...

E então acontece que hoje de manhã eu acordo e vem a surpresa... Eu amanheço e me deparo com um texto lindo, que me fez lembrar da infância (eu adoro lembranças da infância...) e fez cair lágrimas dos meus pequenos olhos castanhos... Eu preciso dividir com vocês, porque, simplesmente, foi lindo!



Quando criança, ouvia e via algumas amigas falando de um tal de aniversário de boneca. Organizavam esse evento, arrumavam o ambiente como se fosse para o aniversário de "gente" e comemoravam o aniversário de suas bonecas.

Eu nasci numa família onde ganhar 1(uma) boneca por ano, no Natal era A FESTA. Assim, nunca pude participar daquelas festas, porque também, aquelas meninas não estavam no meu círculo de relacionamento.

Mas... DEUS sabe de todos os nossos sonhos e me presenteou - PARA A VIDA INTEIRA - com uma boneca viva, humana, inteligente, bonita, irmã. Posso comemorar todo ano o aniversário dessa boneca, mesmo não sendo mais criança. Posso admirá-la não como ela estaria a vida toda, se fosse uma boneca inanimada. Mas compartilho do seu crescimento em todos os aspectos e celebro a vida, junto a ela.

Parabéns, Suzi. Te amo.




E agora eu estou de saída, simplesmente porque ela organizou uma festa pra boneca. Um "brunch" do jeitinho que só ela sabe fazer, na casa da mamãe, me permitindo acordar depois das nove e chegar só pra curtir...
Família... Ai, minha querida família... Vocês são tudo, em qualquer lugar do mundo. Sempre perto de mim, no meu coração...
Valeu, Deus!

6 comentários:

Lilica disse...

Querida, aproveite muito o seu dia ao lado da sua família porque família é mesmo um presente de Deus para nós.

Já te desejei feliz niver no Orkut, no Twitter e ia deixar uma mensagem no meu blog mas a globo.com roubou meu blog de mim (depois explico melhor) e tenho que criar um novo. Entonces, não me resta mais nada a não ser desejar aqui também um:

FELIZ ANIVERSÁRIO SUZI! Muitos anos de vida, de saúde, de paz e de um caminho cheio de momentos lindos e agradáveis ao lado das pessoas que você ama! Fica com Deus tá!

Beijão

Custódia C.C. disse...

Parabéns Suzi!
E que o resto do teu dia seja tão Feliz, quanto esse amanhecer!
Beijo

paratudo disse...

Eu também choreiiiiiii! Amoamoamo essa família queridaaaaa!!!!!!!!!

Luís F. disse...

Para a boneca mais famosa de todo o Brasil e arredores, um grande, grande, beijinho de parabéns!

Tudo de bom para ti, Suzi!

:)

JEANSECAMISETA disse...

Cheguei atrasada,como sempre, mas cheguei. Cheguei e já fui me emocionando. Parabéns querida! E obrigada por existir e saber, de uma forma muito especial, compartilhar suas alegrias, até mesmo com aqueles apenas virtuais como eu.
Deus abençoe o dia que você nasceu!
Bjim.
PS Uma pessoa como você só poderia ter uma família tão especial quanto.

Anônimo disse...

Gente que declaraçãode amor. Fiqei totalmente arrepiada e confesso que precisei ler novamente pq da primeira vez não contive as lágrimas. Espero que essa felicidade se perpetue e se espalhe por onde cvs passam.