quarta-feira, 3 de junho de 2009

Tragédia


Confesso que ando me recusando a acreditar, mas agora as evidências já são enormes demais para continuar negando...
Na manhã da última segunda-feira amanheci ainda sorrindo pela estreia do Adriano no Flamengo, pela vitória do meu time... Sentei-me aqui, nesta mesma cadeira, para começar mais um dia de trabalho e abri a página do noticiário. Ao me deparar com a manchete, dando conta do "desaparecimento" de uma aeronave durante a noite/madrugada, uma sensação estranha tomou conta de mim. Uma agonia que não sei descrever.

Não tenho parentes nem amigos (ao menos que saiba, até agora) que tivessem embarcado naquele voo, mas não é preciso conhecer alguém para sentir a dor da tragédia... Pouco comentei sobre o acidente. Na minha mente, cada vez que surgia a imagem de pessoas lutando para sobreviver no meio de um oceano, na madrugada, em águas geladas, cada vez que eu pensava em hipotermia, em literalmente morrer de frio, eu trocava o filme e sonhava com um sequestro, para imaginar o menos. Não sei traduzir em palavras os sentimentos, as sensações. Só sei que o tempo inteiro eu queria pensar num sequestro... Melhor viver um trauma do que não viver mais a vida.
Os destroços, a poltrona, todas as evidências, e eu desejando que fossem restos de qualquer outro acidente anterior, na história.

Mas não dá mais pra pensar assim...

A Aeronáutica já confirmou, os destroços são mesmo do avião da Air France. A região onde foram encontrados, uma das mais hostis do oceano, correntes marítimas fortíssimas.

Acabou o sonho.

10 comentários:

Custódia C.C. disse...

Um pesadelo Suzi, um terrível pesadelo ...

guiga disse...

Deus nos livre de tamanha dor.
Beijos *.*

Lilica disse...

Pois é Suzi, eu até ontem acreditava que pudessem haver sobreviventes, mas as esperanças já se foram totalmente nesse momento. Resta a nós orarmos por aqueles que estão sofrendo pelos entes queridos que se foram, e orarmos tb pelas almas daqueles que, por alguma razão que será sempre desconhecida por nós, embarcaram naquele avião. Que tragédia....
Beijos

Márcia(clarinha) disse...

Triste...
Um amigo querido mergulhou nessas águas, foi-se deixando a dor da não despedida.
Sentimentos para todas as famílias, que Deus os acolha.

lindo dia bunita
beijos

Luciana disse...

Nem me fale, Suzi. É uma coisa muito terrível mesmo.
Fiquei muito triste também com a notícia.

Fica bem, e oremos por aqueles que se foram...

Beijos.

Estava Perdida no Mar disse...

Sim, me comovo também...mas me choca mais o fato de que a dengue matou muito mais pessoas na Bahia só neste ano e ninguém fez nada.

Janaina disse...

Sabe que a primeira coisa que eu pensei quando ouvi dizer que o avião tinha "sumido" foi em bomba? Porque é ilógico isso de sumir né? Avião não some.

Amigao disse...

A época que trabalhei na DPZ e Ogilvy, foi a que mais andei de avião, mais até duas vezes por semana. Adorava aquilo tudo.Hoje eu morro de medo e já até cancelei algumas viagens por conta disso.

Não parei pra pensar neste acidente, assim como não pensei nos outros é muito sofrido.As imagens de parentes chorando de dor nos aeroportos vi por descuido e aquilo já ficou na minha mente durante a noite passada.
Enfim que Deus em sua misericordia infinita possa confortar os parentes das vitimas.

Beijão do amigão

Mônica disse...

chocante...

R. conhecia um dos passageiros...

Gazeta na net disse...

Olá amiga,
Existem evidencias duras e inexplicáveis
Fica bem querida
Beijos perfumados