terça-feira, 19 de agosto de 2008

Deu no jornal

“Não estou drogada”, disse a moça durante show.

A criatura fez duas apresentações no "V Festival", em Sttafford e Chelmsford, na Inglaterra, neste último fim-de-semana (dias 16 e 17 de agosto). No sábado, gaguejou no palco, esqueceu letra de música, e em vez de cantar ficava resmungando. Resolveu, então, cantar u'a música pro marido, que está preso, e então o povo começou a vaiar.
Bastou. Ela respondeu, lá de cima:
- “Vocês são uns tolos. Não estou drogada, não estou drogada!”.
É claro que o jornal publicou "Vocês são uns tolos...", mas eu duvido que tenha sido exatamente "tolos", o que ela disse...

Pálida (foto da esquerda) e com a pele acabada, no sábado, deu um jeitinho no domingo (foto da direita) e apareceu maquiada, pra melhorar a imagem. Mas não durou. Ao deixar o palco, foi flagrada fazendo caras e bocas, de dor, enquanto voltava pro carro.

Eu me pego pensando nisso tudo e não sei se tenho compaixão ou se me revolto... Tenho mais compaixão dela e do espectro de gente que ela se tornou, ou me revolto pela insistência da moça em passar pela vida e não viver? Tenho mais compaixão de quem paga um ingresso para vê-la numa exibição de degradação ou me revolto porque são esses, em parte, incentivadores dessa conduta temerária da garota, já que a esta altura das coisas vão ali muito mais pra ver o que ela vai aprontar do que pra ouvir sua música?
Não sei o que sinto, nem em que proporção.
Mas não sinto inveja dessa gente.

15 comentários:

Luís F. disse...

Sou fã das músicas e da voz dela. O último disco é simplesmente soberbo. É triste assistir à decadência de uma pessoa que tinha (ou ainda tem) tudo para vencer.

Suzi disse...

Na boa, Luís F.? Conheci a moça pela imagem que ela construiu. Daí, nem me interessei em ouvir os sons que ela emite.
Acho que ninguém deveria ir aos shows, enquanto ela não resolvesse se tratar direito. Seria a forma do público ajudá-la. "Obrigá-la" a se tratar. Esse "oba-oba" em torno da moça não ajuda nada. Mas... se nem ela se ajuda, por que achar que a ajuda dos outros vai ter peso???
Sei lá...

Mosana disse...

chega a dar dó.. mas me sinto como vc.. ainda não sei bem se sinto pena ou raiva.. de qq forma sempre sinto pena de vê-la neste estado deplorável tendo tanto talento.
Cada um trilha o caminho que escolhe na vida..
Triste, mas verdade

Márcia(clarinha) disse...

Sou fã da Amy que canta com voz de blues e lamento, com voz que sai da alma, com voz de gente [essa eu ouço com prazer], mas dessa Amy que agora faz questão de se mostrar tenho pena, não iria ver um show, não pagaria um centavo.
Tratar-se depende dela e sua dependência além de química é psicológica, ela grita por ajuda e os que estão a seu lado teimam em não ouvir.
Sinto pena de uma vida que logo acabará.

lindo dia,bunita
beijos

Amigao disse...

Eu nunca tinha ouvido falar, dai eu procurei por ai, é uma tal de Amy e tem uma voz belíssima.
Dizem que tudo que ela faz é puro marketing. Sei lá.Nem quero saber.
Beijão boneca linda

Su disse...

É realmente difícil saber qual sentimento que nos domina nessas horas... É triste ver uma pessoa tão talentosa se acabando desse jeito!!
MAs o que podemos fazer??!
criticar, orar, respeitar?
Realmente eu não sei Suzi!!
Eu fico imaginando como deve ser ruim essa loucura de vida que ela tem levado... são escolhas erradas que a gente sabe que tem como consertar!!!
Beijooooos

Suzi disse...

é, mosana... "deplorável".
palavra que se encaixa perfeitamente ao caso...
:o\

Suzi disse...

um desperdiçar de vida, né, marcinha?
muito chato, isso...

guiga disse...

Eu tenho pena!
*.*

Suzi disse...

pois é, amigão.
não à toa eu não escrevi o nome da moça; pra não dar ainda mais ibope pra situação, saca?

Suzi disse...

é, su...
uma "nada mole vida".
terrível.

Suzi disse...

é, guiga.
sentimentos confusos...

Lilica disse...

Sabe Suzi, eu fico muito irritada com a atenção que a mídia dá pra essa moça que só faz besteira e que está tentando de tudo para morrer logo. Todo santo dia tem notícia dela na Internet, e sempre sobre vexames, drogas, porradas....acho que tem tanta gente boa por aí...Chega de Amy! Quer morrer, que morra então oras!!! Beijos

Suzi disse...

Você entendeu, então, eu nem ter escrito o nome dela, no post...

Du disse...

Suzi, ela canta muito bem, sou fã da voz dessa moça! Acho muito triste o que ela faz consigo mesma, esse desperdício de vida e de talento. Lembro da aparência dela no início da carreira e vendo no que ela se tornou, não consigo deixar de sentir muita pena =/ Não só pela aparência, mas pela sensação de um suicídio anunciado, uma morta viva...