quarta-feira, 9 de abril de 2008

Tem gente que finge que é só um blogueiro; mas é mesmo poeta.

Com uma incrível e fantástica capacidade de anotar no papel as emoções que sente e as impressões que tem, Éverton Vidal é um poeta ainda camuflado de "blogueiro".

20 E POUCOS ANOS


Vou caminhando num plano escrito no tempo
chão de cimento e de pó
mil nomes, cem documentos,
tantas identidades que eu me perco em quem sou

Vinte e poucos anos de mundo mudando
cidades todas cada vez mais iguais
homens, diabos e anjos
paisagens tão turvas como banjos rurais

Às vezes acho este mundo tão grande
sinto falta dos galos, das noites, dos quintais
mundo moinho de zinco moendo
milhas de chumbo e de gentes reais

Mas vou seguindo entre pedras e palavras
e malucos e Pessoa’s que me atiram
entre sábios e poetas que me vendem
bugigangas e broas nos sinais vermelhos

Já percebi que não sirvo pra herói
nem mesmo pra ser vilão,
não brinco de ser cowboy
não sou alegre, nem triste, tampouco poeta
isto não é uma canção

Já plantei e já colhi e já voltei a plantar
já bebi alguns goles a mais de álcool
já voltei a acreditar, talvez 'té venha a descrer
sem tirar os meus olhos da cruz

Baseado no escuro, escrevi frases no muro
já pintei minha cara pra esconder a timidez
entre sons de Belchior
entre riso e suor
peço a Deus por um mundo melhor

Mas não procure me entender, por favor
entender limita o infinito
‘agora vejo em parte’ e acredito
que só o amor pode tudo compreender

Se não sigo bem essas leis que me pedem
é só incapacidade, coragem tenho em falta
tenho frio, tenho tédio, tenho sonhos
tenho vinte e poucos anos de futuro
e de passados garoando em meu quintal

12 comentários:

M. disse...

E assim vamos descobrindo gente boa que faz.
dia lindo bunita
beijos

Suzi disse...

pois é, m.
o menino escreve mesmo muito bem! é bom que só!
beijos.

Mônica disse...

indo lá conhecer o poeta disfarçado então....

Suzi disse...

você vai gostar, mumumu.
aproveite e leia o texto sobre a "gula". igualmente fantástico!

Juliana Caribé disse...

Eu li esse texto lá no blog dele, e adorei!

Beijos.

Suzi disse...

pois é, juli.
e há muito, muitos outros igualmente interessantes. o da páscoa, por exemplo, é também muito bom!

M. disse...

Suzi é uma boneca muito bunita e eu amo muito essa buneca ;)
noite linda
beijos

Amigao disse...

Aquele amigão é muito bom mesmo.Dizem por ai que logo logo teremos um livro.
Justamente neste momento, o flamengo está fazendo o terceiro gol, 49:12.
Mas sobre o que mesmo que eu tava falando? ah, sim, deixei um selo lá no meu blog pra você....

Suzi disse...

um beijinho carinhoso de boa noite, de bons dias e boas noites, sempre, pra ti, m.
;o)

Suzi disse...

pois é, amigão!
3x0
jogaço!!!!!!!

Suzi disse...

ah!
e que venha o livro do éverton! que, de tão sangue-bom que é, deve ser rubro-begro...
;o)

Éverton Vidal disse...

Adivinou, eu sou Rubro negro! E viva o 3x0 rsrsrs

Suzi eu sinceramente nao sei o que dizer, quando li o comentário que o Amigao fez lá no blog, tratei logo de passar aqui, vi o 3x0 acima e pensei nossa! Mais uma flamenguista rsrs.

Daí, aproveitei a passadinha aqui pra me atualizar com as postagens e... Que surpresa! Fiquei com mó cara de bobo aqui no aeroporto rsrs

Muito obrigado pelos elogios Suzi. Um dia eu, aliás, nós chegamos lá rs. Eu fico feliz por vc ter gostado do poema e dos textos.

Beijao!
Inté!