quinta-feira, 6 de dezembro de 2007

É hoje, pois é... É hoje!


O Haver
(Vinicius de Moraes)


Resta, acima de tudo, essa capacidade de ternura
Essa intimidade perfeita com o silêncio
Resta essa voz íntima pedindo perdão por tudo
- Perdoai-os! porque eles não têm culpa de ter nascido...

Resta esse antigo respeito pela noite, esse falar baixo
Essa mão que tateia antes de ter, esse medo
De ferir tocando, essa forte mão de homem
Cheia de mansidão para com tudo quanto existe.

Resta essa imobilidade, essa economia de gestos
Essa inércia cada vez maior diante do Infinito
Essa gagueira infantil de quem quer exprimir o inexprimível
Essa irredutível recusa à poesia não vivida.

Resta essa comunhão com os sons, esse sentimento
Da matéria em repouso, essa angústia da simultaneidade
Do tempo, essa lenta decomposição poética
Em busca de uma só vida, uma só morte, um só Vinicius.

Resta esse coração queimando como um círio
Numa catedral em ruínas, essa tristeza
Diante do cotidiano; ou essa súbita alegria
Ao ouvir passos na noite que se perdem sem história.

Resta essa vontade de chorar diante da beleza
Essa cólera em face da injustiça e o mal-entendido
Essa imensa piedade de si mesmo, essa imensa
Piedade de si mesmo e de sua força inútil.

Resta esse sentimento de infância subitamente desentranhado
De pequenos absurdos, essa capacidade
De rir à toa, esse ridículo desejo de ser útil
E essa coragem para comprometer-se sem necessidade.

Resta essa distração, essa disponibilidade, essa vagueza
De quem sabe que tudo já foi como será no vir-a-ser
E ao mesmo tempo essa vontade de servir, essa
Contemporaneidade com o amanhã dos que não tiveram ontem nem hoje.

Resta essa faculdade incoercível de sonhar
De transfigurar a realidade, dentro dessa incapacidade
De aceitá-la tal como é, e essa visão
Ampla dos acontecimentos, e essa impressionante

E desnecessária presciência, e essa memória anterior
De mundos inexistentes, e esse heroísmo
Estático, e essa pequenina luz indecifrável
A que às vezes os poetas dão o nome de esperança.

Resta esse desejo de sentir-se igual a todos
De refletir-se em olhares sem curiosidade e sem memória
Resta essa pobreza intrínseca, essa vaidade
De não querer ser príncipe senão do seu reino.

Resta esse diálogo cotidiano com a morte, essa curiosidade
Pelo momento a vir, quando, apressada
Ela virá me entreabrir a porta como uma velha amante
Mas recuará em véus ao ver-me junto à bem-amada...

Resta esse constante esforço para caminhar dentro do labirinto
Esse eterno levantar-se depois de cada queda
Essa busca de equilíbrio no fio da navalha
Essa terrível coragem diante do grande medo, e esse medo
Infantil de ter pequenas coragens.

27 comentários:

Amigao disse...

To acordado desde as 08h00,aguardando este post. Apenas para ser o primeiro no blog a desejar Feliz Aniversário.
Ebaaaaa, consegui. Parabéns querida.
Tudibom pro cê.

Luís F. disse...

PARABÉNS SUZI!!!

Tem um dia muito, muito, muito bom, tá?

:)

Bjs.

Suzi disse...

Pô, amigão, valeu!!!!!
Valeu mesmo!
Primeirão, hein!
;o)

Suzi disse...

Luís F, grata, muito, muito grata, pelo carinho, pela lembrança, por sempre me lembrar, com muita alegria, que às sextas o grito de guerra é o "hip! hip! hurra!!!", e que nos demais dias, cai sempre bem um bom filme e um bom jantar à base de uma boa receita.
Grande abraço!

Suzi disse...

Amigão, hoje é dia de agradecer as amizades, agradecer por você etr reaparecido no nosso grupo de amigos, e por me fazer sempre uma "boa propaganda" da vida!
Grande abraço!

Márcia(clarinha) disse...

Parabéns bunita!!
Felicidades, desejos realizados, amor e muita união!!
Saúde também, claro!
Mandei torpedinho logo cedo, recebeu? rsss
beijo meu procê bunita, loviú
beijos

Mônica disse...

quero bolo, brigadeiros, cajuzinho, sonho, língua de sogra, chapeuzinho e muuuuuuuuuuuita coca-cola!!!!!

olha que eu canto de novo o asqueroso parabéns da tia maria da graça por aqui, viu??????????

mais beijos, mais desejos de felicidades, mais parabéns, mais tudo de melhor que houver nessa vida pra vc, boneca!!!!!

Mr.T disse...

Muitos Parabéns Suzi! Que continues com essa alegria pela vida que nos faz sorrir.

Beijo do tamanho do mundo

Danny disse...

Tudo de bom nesse dia, menina Suzi! E nos outros que virão!!!!
E sabe que eu fiz ontem? Pois é!
Felicidades!
Beijão!

(http://dannycsv.wordpress.com)

Custódia C.C. disse...

Parabéns Suzi!
Feliz Dia de Aniversário, gostoso, criativo, alegre, admirável, extraordinário, estupendo e tudo o mais !!!!!
Beijinhos grandes

:):):)

guiga disse...

Parabéns Suzi! :D
Que contes muitos e muitos e muitos.. Sempre com muita saúde e alegria no coração!
Tudo de bom para ti!
Beijossssss *.*

Suzi disse...

Marcinha,
"reconheci" você, pelo torpedinho, por conta do "bunita"; acredite ou não, eu não tinha se celular gravado! rs*
Fico grata pelos poemas e pelas sempre doces palavras que encontro aqui nos comentários e em cada um de seus poemas. è bom ter amigos poetas. Faz bem à vida.
;o)

marta r disse...

"Parabéns a você, nesta data querida, muitas felicidades, muitos anos de vida. Hoje é dia de festa, cantam as nossas almas, para a menina Suzi, uma salva de palmas"

PARABÉNS, MIÚDA ! HÁ FESTA HOJE? ONDE? A QUE HORAS? POSSO IR?

Suzi disse...

mumumu,
me poupe da dona maria das graças... rsrsrsrs

vc merece todos os doces do mundo, por sempre adoçar meu coração com seu carinho, e temperar meus dias com a pitada de bom humor e de sarcasmo que abundam no pasto.
bom poder contar contigo, sempre.
e eu sei que você me entende.
bj!

Suzi disse...

Muito grata pelos bons desejos, Mr. T.
É bom ter amigos que nos desejam bem, seja aqui, deste lado do Atlântico, ou aí, desse lado.
Um grande abraço!

Suzi disse...

Dani, então vai aqui, meio atrasadinho, o bom desejo de que seu novo ano seja de muitas felicidades.
Que haja alegria suficiente para superar as tristezas eventuais.
Parabéns!
Um beijinho!
;o)

Suzi disse...

Ccc,
grata, muito grata, pelos bons e carinhosos desejos. Tua amizade, a beleza das imagens da tua terra, o jeito leve e agradável como escreves, sem dúvida colaboram para que os meus dias sejam sempre assim, desse jeitinho que tu me desejaste.
Grata, grata, muito grata!!
Beijinhos!

Suzi disse...

Muito feliz com tua lembrança e teus bons desejos, Guiga. Andar por tuas terras, ainda que virtualmente, e ler tuas palavras sempre docinhas, carinhosas, aqui e lá, são boas coisas que me acontecem, ajudando a ter a alegria que me desejaste!
Grata, muito grata.
;o)
Bj!

Suzi disse...

Martinha, tua alegria, teu bom humor, tuas "tiradas", são algumas das coisas que fazem dos meus dias, não só hoje, uma festa, uma alegria! Bom demais, isso!! Bom demais!!
Um beijo e grata, muito, muito grata, pelo carinho.
;o)

rps disse...

Parabéns!

Miguel S. disse...

Muitos parabéns, Suzi. Estou fora de Portugal a trabalho, mas fiz questao de te desejar um dia feliz.
Beijos

Carolzinha disse...

Parabensssssssss Suziiii!!!
Nao te conheco, mas a Monica falou pra passar aqui, entao passei!!
Bjinhosss

Edvaldo/Diná disse...

Suze querida,
Deus tem sido muito generoso para conosco. Concedeu-nos três filhos maravilhosos, cada um, com uma particularidade diferente, porém, todos com coração de dar inveja até aos "santos".
Filha, hoje é o teu aniversário, desejamos-te um mundo de alegrias, felicidades e realizações. Que Deus te retribua em bênçãos, o quanto tens feito por nós.
Com profundo amor e qratidão,

Teus pais
Edvaldo/Diná.
Bjs.

Sandra e Evaldo Vicente disse...

Suzi,
Ja ligou para Nadia para pegar seus presentes? Por favor, va antes que sumam!!!
Beijos

diesel disse...

Meio atrasadinho... mas é que ontem qd cheguei, nem luz tinha em casa. Mas aqui vai:
"Hoje (ontem) é o dia do teu aniversário
Parabéns e que vás ao centenário"
... Ih esqueci o resto...
Cada vez mais, fico certa de que minha memória não tem 1 milésimo da sua.
Mas já dá para lembrar da voz da mãe, do pai, tia E., tio V. naquelas festas de "antigamente".
Felicidades sempre. Bjs

adetoledo disse...

Beijinhos atrasados, mas cheinhos de carinho! Meus e da amiguinha Tomie

Nessita! disse...

Parabéns, minina! :D
beijocas do coração aqui do Sul!